Três pessoas são presas por manter menino de 11 anos amarrado dentro de barril

0

FIM DOS TEMPOS

Três pessoas foram presas em flagrante, nesse último sábado (30), suspeitas de manter um menino de apenas 11 anos amarrado dentro de um barril com o tampo fechado. A Polícia Militar recebeu denúncia do caso de maus-tratos e efetuou a prisão após constatar o crime. O caso ocorreu em Campinas.

Entre os presos estão o pai do menino, 31 anos, a namorada dele (pai), 39 anos e a filha da namorada, 22 anos, que autorizou a PM a entrar na casa. A denúncia foi feita por moradores da vizinhança, que disseram sentir falta do garoto após perceber que ele parou de comparecer à escola e de brincar com as outras crianças do bairro.

A PM fez o resgate da criança em um barraco no Jardim Itatiaia. Os policiais militares encontraram o garoto em uma situação que eles mesmos descreveram como “inacreditável e de total desamparo, tratado de forma desumana e com requintes de crueldade”. Ao ver a equipe policial, o menino relatou que estava com muita sede e que ficava constantemente em exposição ao sol. O casal foi detido e relatou que o garoto teria “um problema psiquiátrico e lhes dava muito trabalho”.

Segundo um sargento que acompanhou a ocorrência, “a situação em que o menino se encontrava era desoladora”. O menino era mantido em pé no barril, onde também era obrigado a fazer suas necessidades fisiológicas. Para que ele fosse impedido de sair, o espaço era coberto por uma telha e uma pia de mármore. Ele foi encontrado nu, desidratado e desnutrido.

Após ser hidratada e alimentada, a criança permaneceu sob cuidados médicos no aguardo do resultados de exames. A ocorrência foi apresentada na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher de Campinas e o trio permanece preso. O Conselho Tutelar acompanha o caso.

Fonte: Jornal Ipanema
CLICKARAÇOIABA – Desde 1999

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário