Polícia Civil transporta órgão para transplante com novo helicóptero apreendido do trafico

0

Aeronave retirada do tráfico de drogas faz seu primeiro voo para salvar vidas

Usando um helicóptero retirado do tráfico de drogas, a Polícia Civil transportou um coração com segurança e rapidez para um transplante que ocorreu no Hospital da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no interior do Estado, nesta quinta-feira (5).
A operação foi realizada por equipes do Serviço Aerotático (SAT) do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) com o uso do helicóptero Esquilo AS350 B2. A equipe embarcou no heliponto do emissário de Santos às 14h00 e, em menos de 40 minutos pousou no heliponto do Hospital da Unicamp em Campinas.
As condições meteorológicas não eram boas devido a uma frente fria que avançava e encobria a Serra do Mar. Contudo, o transporte foi feito com visibilidade reduzida, dentro dos parâmetros de segurança.

Reutilização de ativos

O helicóptero utilizado no transporte foi apreendido pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Americana, em 2018. Após manutenção e adesivação, a aeronave começou a ser utilizada em operações policiais e transporte de órgãos.
“É uma sensação de justiça. Agrada muito o policial e a sociedade têm um retorno direto”, salientou o delegado João Eduardo Felipe, piloto que fez o transporte do coração.
Desde o início da atual gestão, a Polícia Civil já recuperou 1,5 bilhão em ativos, oriundos de apreensões em ações contra o crime organizado, em especial, contra o tráfico de drogas.


Edição: Aurélio Fidêncio
Matéria: Denis Bonelli
Fonte: Secretária de Segurança Pública do Estado de São Paulo
Clickaraçoiaba, Desde 1999 informando e promovendo Araçoiaba da Serra.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário