Garota Presa em Capela do Alto – SP

0

Garota de programa é presa suspeita de liderar quadrilha

07.07.2017 dd dia a dia bruna aguilena.foto de reprodução de facebook

Segundo a Polícia Civil, jovem de 22 anos comandava grupo especializado em furtos de residências em Sorocaba e região

De acordo com as investigações da Polícia Civil de Sorocaba, área do Deinter 7 (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior), Bruna Antunes Aguilar, conhecida como Bruna Aguilera, atuava junto a dois comparsas: Robson da Silva Aguiar, de 18 anos, e Bruno Felipe da Silva, de 19 anos de idade.

Os dois homens também foram presos, na última quinta-feira e, assim como Bruna, vão responder por furto e associação criminosa.

O grupo agia quando as residências estavam vazias e os criminosos sabiam exatamente onde estavam guardados os objetos de valor, o que, para os investigadores, reforça a tese de que as vítimas eram conhecidas.

Para se certificar de que não havia ninguém nas casas, os integrantes da quadrilha ora tocavam a campainha e aguardavam por uma resposta e ora contavam com informações privilegiadas, segundo explicou o delegado Marcelo Carriel, responsável pela investigação.

Os policiais cumpriram mandados de busca no apartamento de Bruna, onde foram localizadas e apreendidas jóias, relógios de diversas marcas e modelos, perfumes, bijuterias, e dois revólveres calibres 32 e 38 e munição.

Com os outros dois integrantes, foram apreendidos um carro modelo Ford Fusion, uma moto e R$ 80 mil em dinheiro.

Segundo publicação do portal R7, as apurações apontam que Bruna se aproveitava da profissão para conhecer vítimas em potencial e, pelo menos, sete casas teria sido alvo do grupo.

“Ostentação”/ De acordo com a Polícia Civil, o trio “ostentava uma vida de luxo por meio das redes sociais” com o lucro dos furtos. A quadrilha liderada por Bruna vinha sendo alvo de investigações há quatro meses por agentes do 3º Distrito Policial.

07.07.2017 dd dia a dia bruna aguilena.foto de reprodução de facebook

Além das acusações de furto e associação criminosa, a garota de programa também vai responder por porte ilegal de armas. Ainda segundo a polícia, Bruna Aguilera já tinha passagens por furto.

Os três investigados foram presos em caráter temporário, que tem prazo de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco.

Campartilhe.

Deixe Um Comentário