Vereador do PSB em áudio vazado na Câmara de SP: “Coisa de preto”

0

Camilo Cristófaro, do PSB, teve o áudio do microfone vazado durante uma CPI e foi flagrado usando a expressão racista “é coisa de preto”

O vereador Camilo Cristófaro, do PSB de São Paulo, usou uma expressão racista durante uma conversa privada na CPI dos Aplicativos, nesta terça-feira (3/5). O áudio do microfone de Cristófaro vazou no início da sessão e foi transmitido pela rede de TV da Câmara dos Vereadores de São Paulo.

É possível ouvir Cristófaro completando um raciocínio com a expressão racista “é coisa de preto”. Ao escutar a frase, a vereadora Luana Alves, do PSol, pediu a suspensão da CPI. Os trabalhos foram interrompidos por alguns minutos.

Não é possível saber quem era o interlocutor de Cristófaro.

Luana Alves disse à coluna que entrará com uma representação contra Cristófaro na Corregedoria da Câmara.

“Capivara” do nobre edil

Em junho de 2018, o parlamentar foi cassado pela 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, em representação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral, por captação ilícita de recursos financeiros durante as eleições 2016.

Segundo o Ministério Público Eleitoral, parte do dinheiro usado na campanha do vereador teve origem ilícita – R$ 6 mil, cerca de 14% do total declarado ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Ainda em 2018 Camilo foi condenado a indenizar Doria em 90.000 reais,

Na ação, a defesa de Doria alegou que o vereador mantém em suas páginas oficiais publicações com conteúdo ofensivo e inverídico. Entre as ofensas, os advogados do governador eleito apontaram que o tucano foi chamado de “mentiroso”, “aproveitador”, “crápula”, “carreirista”, “oportunista”, “enganador”, “fanfarrão”, “corrupto” e “João Pinóquio Doria”.

Em 2019 Camilo Cristófaro respondeu um processo criminal após chamar o então vereador Fernando Holiday (DEM) de “macaco” no plenário da Câmara Municipal de São Paulo

Em Março de 2022 uma cidadão entrou com um processo criminal contra Camilo, a mulher diz ter sido xingada de ‘vagabunda’ pelo vereador durante um ato político.

Edição: Aurélio Fidêncio
Matéria: Edoardo Ghirotto e Eduardo Barretto
Fonte: Portal Metrópoles
Clickaraçoiaba, Desde 1999 informando e promovendo Araçoiaba da Serra.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário