Patrão mata caseiro a tiros e forja suicídio para tentar se safar

0

Vítima foi encontrada na cama com marcas de tiro na cabeça e no peito. Fazendeiro alegou que funcionário se matou, mas crime foi desvendado

Um fazendeiro de 37 anos foi preso pela Polícia Civil de Goiás por suspeita de ter matado o próprio caseiro e ter fingido que o funcionário havia se matado. O cumprimento do mandado de prisão preventiva ocorreu na quinta-feira (9/12) em Campinorte. O crime ocorreu no último dia 19/11, na zona rural de Nova Iguaçu de Goiás, norte do estado.

A vítima, de 56 anos, foi encontrada morta deitada sobre a própria cama. O caseiro morava em uma casa ao lado da sede da fazenda do suspeito.

O corpo do caseiro tinha duas marcas de tiro, uma na região da cabeça e outra no peito, ambas de espingarda calibre .32, segundo a Polícia Civil.

Com apoio do Instituto de Criminalística, os policiais fizeram exames e laudos que mostraram que a vítima tinha sido assassinada e não se matado.

O dono da fazenda e patrão da vítima é quem cometeu o crime, segundo as investigações. Os policiais apuraram que o fazendeiro resolveu matar o funcionário depois que ele descobriu que o chefe furtava porcos de uma fazenda vizinha.

A investigação do crime foi feita pela Polícia Civil de Uruaçu. Os nomes do suspeito e da vítima não foram divulgados.

Edição: Aurélio Fidêncio
Clickaraçoiaba; Desde 1999 informando Araçoiaba da Serra com a verdade.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário