Polícia Militar forma 89 tenentes

0

Click aqui e confira os melhores comércios e prestadores de serviços de Araçoiaba da Serra

Os homens e mulheres, que já faziam parte da corporação, ascenderam de patente após curso preparatório

A Polícia Militar formou, na manhã desta sexta-feira (3/8), 89 tenentes no Curso Superior de Tecnólogo em Administração Policial Militar (CSTAPM). Os novos oficiais possuem, no mínimo, 15 anos de corporação e puderam ascender ao oficialato.

Do total, há 81 homens e oito mulheres. Os tenentes integram o Quadro Auxiliar de Oficias da PM e chefiarão seções administrativas nas unidades policiais. Os graduados concorreram, ao todo, com 5 mil inscritos no concurso – ou seja, uma média de 56,1 candidatos por vaga.

Os formandos são cabos, sargentos e subtenentes que já integravam o Quadro de Praças há pelo menos 15 anos. Para ingressar no chamado Curso de Habilitação ao Quadro Auxiliar de Oficiais (CHQAOPM – informalmente conhecido por “chacal”), o policial precisa ter até 48 anos de idade, estar apto nos testes físicos e nas inspeções de saúde médica e odontológica, além de formação em curso superior e possuir, pelo menos, comportamento “Bom”.

O curso teve início em 28 de agosto de 2017 e termina na data da formatura, dia 3 de agosto deste ano. Ao todo, foram mais de 800 horas de estudo.

Além de matérias curriculares, como Chefia e Liderança, Gestão de Finanças, Direitos Humanos, Deontologia, Telemática, Políticas Públicas e Estudos de Segurança, Projetos, Direito Processual Penal Militar, os formandos passaram por atividades de treinamento de campo e complementares de ensino.

Paraninfo e patrono da turma

O paraninfo da turma será do coronel Luiz Eduardo Pesce de Arruda. Ele foi escolhido pela dedicação e comprometimento com a causa pública, sempre primando pela transparência em suas ações, trabalhado com afinco pelo reconhecimento e valorização profissional.

Arruda é coronel da reserva da Polícia Militar. Na ativa, foi comandante de Policiamento Metropolitano (CPM), chefe do Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) e diretor de Ensino e Cultura (DEC) da PM, além de ter atuado por dez anos na Coordenadoria Estadual dos Conselhos de Segurança (Consegs).

Nascido em 28 de março de 1960, Arruda ingressou na PM aos 16 anos e se tornou oficial em 1981. Doutor em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, é formado ainda em Direito e Publicidade e Propaganda.

Já o patrono é o coronel Coriolano de Almeida Júnior. Ele nasceu em 3 de agosto de 1894, na cidade de Pindamonhangaba. Em 17 de agosto de 1912 foi promovido a 2º tenente. Em 1924, combateu ao lado das forças do general Miguel Costa durante a Revolução de São Paulo.

Foi o primeiro comandante do Serviço de Intendência da Força, criado em 11 de junho de 1932. Em 1950, foi nomeado presidente do Tribunal de Justiça Militar de Estado de São Paulo.

Ao longo dos seus anos de serviço, recebeu inúmeras condecorações, dentre elas a do Cavalheiro da Ordem de Leopoldo II, da Bélgica, e a Medalha de Ouro Lealdade e Constância.  Morreu em 12 de maio de 1966, aos 71 anos.

Edição: Aurélio Fidêncio
Matéria e fotos: Kevin Costner e Rodrigo Paneghine
Fonte: SSP

Clickaraçoiaba, O primeiro Portal de Araçoiaba da Serra – SP – Desde 1999
Curta nossa página no Facebook:
https://www.facebook.com/clickaracoiaba


LEIA TAMBÉM:

COMO PESSOAS INTELIGENTES LIDAM COM AS PESSOAS TÓXICAS

COMO PESSOAS INTELIGENTES LIDAM COM AS PESSOAS TÓXICAS

Campartilhe.

Deixe Um Comentário