Sorocabano passa em 2º lugar na medicina da USP estudando em casa

0

UM EXEMPLO PARA MILHARES DE JOVENS

Apesar de muitos finais tristes por causa da pandemia, a história teve um desfecho incrível para o sorocabano João Pedro Vilhena Cardoso, de apenas 20 anos.

Morador do Jardim Emília, na zona sul da cidade, o jovem estudou todo o ano de 2020 sozinho em casa e conseguiu passar em Medicina na Universidade de São Paulo (USP). E não foi “só” isso: ele passou em segundo lugar para o curso na capital, que tem concorrência de 154,6 candidatos por vaga.

João Pedro cursou todo o Ensino Médio em escola pública, na ETEC Rubens de Farias e Souza. No ano de 2019, fez o “Gera Bicho”, cursinho popular, e acabou aprovado em Medicina na Universidade Estadual Paulista (UNESP), mas o sonho era realmente a USP.

“Tentei procurar outros cursos, sabendo da dificuldade que era passar em Medicina, mas depois do cursinho percebi como eu gostava de biologia e da área da saúde. Passei na última lista de espera da UNESP e, mesmo assim, arrisquei estudar mais um ano para tentar a USP”, iniciou o estudante.

“Não sei muito bem o que eu senti… Ansiedade, misturado com medo, porque sabia que seria mais um ano difícil, muito cansativo, e logo depois começou a pandemia. Eu só conseguia pensar: se eu não passar desta vez, o que deixei para trás?”, complementou.

Afinco e descanso

Graças a seu esforço e dedicação, apoio da namorada, dos amigos e dos familiares, ele conseguiu montar um cronograma próprio de estudos.

“Em 2019 me sobrecarreguei muito. Em 2020 tentei relaxar mais. Pegava 11 horas por dia para estudar, mas dois dias na semana eu me dava o direito de descansar, ficar mais tranquilo. Na pandemia era difícil, mas via minha namorada, assistia alguma coisa, conversava com amigos por celular… Era a forma de manter a sanidade mental”, disse.

Como gostava de dormir até mais tarde, João Pedro organizava as matérias de acordo com o que ele considerava mais importante para a segunda fase do curso escolhido. Além disso, ele explorou bastante a internet, com vídeos no YouTube e também aulas online em cursinhos.

Edição: Aurélio Fidêncio
Fonte: Record TV
Portal Clickaraçoiaba desde 1999.
Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário