Abril Fest conquista Selo Verde no Rodeio e volta a ter apoio do Clickaraçoiaba.

0

Essa era uma reivindicação do Clickaraçoiaba desde 2011.

Finalmente o evento Abril Fest conquista o SELO VERDE em seu Rodeio, essa era uma luta desde 2011, houve inclusive a tentativa de um vereador em tornar lei municipal essa certificação, mas na época não houve êxito.

Finalmente a produção da festa decidiu aderir e este ano irá realizar o primeiro Rodeio com Selo verde em Araçoiaba da Serra.

Este selo denomina-se RODEIO LEGAL, identificado através do SELO VERDE. Os maiores eventos de rodeio do país já possuem este selo, a exemplo de Jaguariúna. Os municípios que não aderem ao SELO VERDE sofrem boicote da mídia amiga dos animais, por essa razão o Clickaraçoiaba não apoiou nem cobriu os Rodeios do Abril Fest desde 2011, mas agora com a certificação e a certeza de que os animais não sofrerão maus tratos voltaremos a cobrir o evento.

Parabéns ao Pagliato e aos responsáveis por essa conquista importantíssima.

Entenda melhor a importância deste selo na matéria a seguir:

Desde julho de 2002, a lei federal número 10.519 estipula que “os apetrechos técnicos utilizados nas montarias, bem como as características do arreamento, não poderão causar injúrias ou ferimentos aos animais” utilizados nos rodeios. O problema é fiscalizar os mais de 1200 eventos por ano em todo Brasil. Por essa razão, a Confederação Nacional de Rodeio (CNAR) lançou, em 2007, a “Certificação rodeio legal: seu rodeio dentro da lei”.

De acordo com Roberto Vidal, presidente da CNAR, o selo é a garantia de que o animal não sofre maus-tratos. O primeiro a receber a chancela verde foi a Festa do Peão de Indaiatuba, em agosto de 2011. “Isso dá um retorno positivo aos organizadores de rodeio, prefeituras e patrocinadores”, afirma. Vale ressaltar, o certificado é anual, ou seja, precisa ser renovado a cada ano.

A fiscalização é feita por meio do Comitê de Segurança e Bem-estar Animal da entidade, composto por veterinários e outros profissionais da área. Eles acompanham o animal desde a fazenda até o rodeio para garantir a qualidade do certificado. No evento, segundo Vidal, inspecionam instrumentos, como as esporas dos caubóis, que não podem ser pontiagudas ou estar travadas (para não perfurar o couro do cavalo ou touro); alimentação adequada; estrutura; entre outros quesitos.

A CNAR já certificou dezenas de rodeios em São Paulo (a aplicação do selo começou apenas em 2011). Para os próximos anos o objetivo é fortalecer a chancela pelo estado e desde 2013 a certificação vem acontecendo em outras regiões do Brasil. “Vamos fazer um trabalho em conjunto com todas as federações de rodeio”, diz Vidal.

O selo também apóia ações ambientais, como a reciclagem de todo resíduo sólido produzido na festa. Nessa primeira fase, o protocolo sugere que a organização do rodeio dê um fim sustentável aos materiais em regiões onde não há essa preocupação. “Se não existe um trabalho ecológico, nossa parte é indicar uma solução”, explica o presidente da CNAR.

Confira a programação completa da festa em nossa página no Facebook, lá você também encontra um vídeo exclusivo que mostra como chegar ao novo recinto da festa.www.facebook.com/clickaracoiaba

Matéria: Aurélio Fidêncio
Informações: Cnar (Confederação Nacional de Rodeio)
WhatsApp: (15) 99732-1144

Campartilhe.

Deixe Um Comentário