Zumbido no ouvido x Diabetes – Causa Metabólica

0

Cerca de 382 milhões de pessoas no mundo têm diabetes. Estima-se que no Brasil o diabetes afete mais de 12 milhões de pessoas. Porém, pouca gente dá valor aos problemas auditivos dos diabéticos, mas eles têm o dobro da probabilidade de terem esses problemas quando comparados às pessoas sem diabetes. Além disso, 45% dos diabéticos têm perda auditiva. Se lembrarmos que a principal causa de zumbido é a perda auditiva, está aí uma ligação comum entre os problemas.

O diabetes é uma doença inflamatória que provoca estresse oxidativo acarretando piora da troca sangüínea entres os vasos e órgãos em geral. Com a cóclea não poderia ser diferente. O órgão responsável pela audição sofre danos endoteliais provocados pelo diabetes que compromete seu funcionamento e que traz por consequência morto celular e perda Auditiva.

É muito importante que o paciente tenha seu acompanhamento periódico com seu Endocrinologista, Cardiologista e Otorrinolaringologista. Isso porque o diabetes tem relação direta com outras doenças tais como obesidade, hipertensão, dislipidemia e perda auditiva.

Costumo falar com meus pacientes que infelizmente nascemos “teoricamente” com a audição boa e que ao longo do tempo vamos só perdendo. No paciente diabético esse processo pode ser acelerado. As células do ouvido não se regeneram nem se dividem. Por isso, é essencial cuidar de todos os aspectos da saúde, incluindo a saúde auditiva. É fundamental controlar as glicemias e se nos exames de audiometria realizados a cada 6 meses ou 1 ano forem detectados alguma perda de audição o tratamento precoce deve ser feito, pois quanto antes o nervo auditivo tiver sua estimulação ideal melhores serão os resultados. Procure seu Otorrino de confiança, faça sua avaliação regular. Se cuide, pois quem goste da gente somos nós mesmos. Forte abraço.

Edição: Aurélio Fidêncio
Matéria: Dr. Aroldo Figueiredo
Otorrinolaringologista
CRM-BA: 21.480 | RQE: 11351

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário