O que é kefir e quais são seus benefícios?

0

Você está lendo isso? Seu futuro cliente também!
Anuncie no
GUIA COMERCIAL DO CLICKARAÇOIABA
Custa pouco e dá resultado.
(15) 99732-1144

Organismos vivos que fazem bem para saúde

Também conhecido como “quefir”, cogumelo tibetano, tibico, plantas de iogurte e cogumelo de iogurte, o kefir é um leite fermentado produzido a partir da ação dos micro-organismos presentes naturalmente nos grãos de kefir. Sua origem remonta às montanhas do Cáucaso, há séculos. O termo kefir vem do eslavo “keif”, que significa bem-estar ou bem viver.

O kefir vem se tornando popular nas últimas décadas, principalmente em países da Europa Central.  No Brasil ainda é produzido em escala familiar, conhecido por outros nomes e até mesmo considerado um tipo de iogurte. O aumento do consumo em várias regiões do Brasil está relacionado às suas características sensoriais e funcionais.

Os grãos são constituídos por uma associação positiva entre leveduras e bactérias benéficas. Os micro-organismos presentes nos grãos variam de acordo com a região de origem, o substrato utilizado para a produção do kefir, o tempo de utilização e as técnicas usadas para a sua manipulação.

Benefícios do kefir

  • O kefir oferece maior aporte no valor biológico das proteínas do leite.
  • O kefir contém ácido lático, o que diminui a intolerância à lactose e promove a digestibilidade do leite mesmo para pessoas sensíveis, além de se associar a minerais como o cálcio e ferro, promovendo melhor absorção.
  • O kefir também tem triptofano, aminoácido que promove efeito relaxante ao sistema nervoso, benéfico em quadros de depressão e problemas de sono.
  • O kefir ainda é rico em vitaminas do complexo B e oferece maior resistência às infecções e estimulação do sistema imune.
  • Equilíbrio da flora intestinal: o kefir aumenta a população das bactérias benéficas do intestino e elimina as prejudiciais, além de ser um aliado em quadros de diarreia, obstipação e flatulências.

Como cuidar do kefir?

Para produzir kefir é necessário possuir os grãos de kefir, por isso é comum a doação dos grãos pelas pessoas que produzem. Esses grãos devem ser imersos em um substrato, que pode ser leite [de vaca, cabra, ovelha ou búfala], água com açúcar mascavo ou sucos, mas as formas mais comuns são pelo cultivo em leite ou água com açúcar.

A proporção indicada é de uma colher de sopa de grãos de kefir para cada meio litro de líquido. Indica-se que a mistura seja colocada em um pote de vidro, que não deve ser tampado, apenas coberto por um pano ou guardanapo e mantida a temperatura média de 20ºC a 37ºC.

Para consumir um kefir mais suave, é indicado o tempo de fermentação médio de 6 horas. Para obter o produto mais denso e ácido, o processo deve durar até três dias. Após fermentado, o prazo de validade do kefir sob refrigeração é de até três dias.

kefir leite x kefir de água

O kefir pode ser cultivado de várias formas, as mais comuns são leite e água. O sabor e o aroma do kefir variam de acordo com a ação metabólica das bactérias e leveduras presentes nos grãos.

O mais usual é o kefir de leite de vaca. O kefir de água pode ser produzido em água contendo açúcar mascavo ou suco de frutas. Independente do substrato em que o kefir será preparado, sua composição microbiana e os produtos gerados durante o processo são similares.

como consumir kefir?

Para consumir o kefir é indicado passar a mistura em uma peneira para separar os grãos do líquido. Os grãos podem ser reaproveitados para produzir um novo kefir. A aparência física do kefir é semelhante ao do iogurte e da coalhada, que pode ser misturado a frutas, mel, aveia ou de acordo com a sua preferência.

Alimentos ricos em triptofano

Frutas: banana, abacate, nozes, castanha-do-pará, amêndoas, amendoim;
Origem animal: queijo, frango, ovos;
Vegetais: ervilhas, batata, beterraba, couve-flor.

Alimentos ricos em magnésio e cálcio

Além de ingerir alimentos ricos em triptofano, aumentar a quantidade de comida rica em magnésio e cálcio – como queijo, amêndoas, espinafres e feijão – também ajuda a garantir maior produção de serotonina e melhorar a sua ação.

Esses alimentos devem ser consumidos ao longo de todas as refeições do dia, a fim de manter os níveis de serotonina sempre próximos do ideal, evitar distúrbios do humor ou emocionais e ter um corpo mais equilibrado, física e mentalmente.

Clickaraçoiaba, O primeiro Portal de Araçoiaba da Serra – SP – Desde 1999
PARTICIPE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP:
http://www.clickaracoiaba.com.br/?page_id=3899


PARTICIPE:

Campartilhe.

Sobre o Autor

Comentários desativados.