Funcionário do Carrefour mata cão inofensivo a pauladas e fica impune

0

QUEM VOCÊ ACHA QUE SERÁ O PRÓXIMO PREFEITO DE ARAÇOIABA DA SERRA?
Participe de nossa enquete no grupo do Facebook
Eleições em Araçoiaba da Serra 2020
Link para participar do grupo: https://goo.gl/oSDJ2Y

Carrefour diz que acolheu e alimentou cão

Com questionamentos e protestos de milhares de clientes, o Carrefour Brasil declarou, por meio de suas redes sociais, que acolheu e alimentou o cachorro que teria sido morto a pauladas por um segurança em Osasco na última quarta-feira (28). Além disso, diz a rede, a equipe de segurança responsável no dia da morte do animal está afastada até o esclarecimento do caso.

Um grupo de ativistas pelos direitos dos animais realizou um protesto dentro do Carrefour de Osasco pela morte do cachorro / Reprodução/redes sociais

Um grupo de ativistas pelos direitos dos animais realizou um protesto dentro do Carrefour de Osasco pela morte do cachorro / Reprodução/redes sociais

Com questionamentos e protestos de milhares de clientes, o Carrefour Brasil declarou, por meio de suas redes sociais, que acolheu e alimentou o cachorro que teria sido morto a pauladas por um segurança em Osasco na última quarta-feira (28). Além disso, diz a rede, a equipe de segurança responsável no dia da morte do animal está afastada até o esclarecimento do caso.

“Repudiamos qualquer tipo de agressão a animais e afastamos a equipe responsável pela segurança do local até no dia do ocorrido até que a apuração do caso seja finalizada. Assim que vimos o animal, ele foi acolhido e alimentado por nós até que a Zoonoses chegasse para o atendimento”, respondeu a página oficial do Carrefour no Facebook a uma cliente.

No último sábado (1º), um grupo de ativistas pelos direitos dos animais realizou um protesto dentro do Carrefour de Osasco, na avenida dos Autonomistas, pela morte do cachorro. Durante as agressões, ele teve as patas quebradas. Há a suspeita de que o cão também tenha sido envenenado.

De acordo com os ativistas, o cachorro havia sido abandonado no estacionamento do Carrefour Osasco há cerca de uma semana. Alguns funcionários da rede e de lojas que ficam no centro de compras vinham alimentando o animal. Até que um segurança da rede o agrediu até que as patas quebrassem.

Ativistas divulgaram imagem de sangue do cachorro no chão do hipermercado após agressões

Ativistas divulgaram imagem de sangue do cachorro no chão do hipermercado após agressões.

Com o cão sangrando e bastante fragilizado, a Zoonoses de Osasco foi chamada. Representantes da loja teriam dito que o animal havia sido atropelado ali próximo, na avenida dos Autonomistas, versão contestada por testemunhas. O cachorro foi socorrido pela Zoonoses, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Neste sábado, o delegado Bruno Lima, atuante na causa animal, esteve no local para acompanhar o caso, ao lado do vereador Ralfi Silva (Podemos). Um inquérito vai apurar se o cachorro também foi envenenado e se o segurança que o matou cumpria ordens da chefia, como acusam ativistas, ou agiu por conta própria.

“Estaremos acompanhando de perto até que esse crime seja solucionado. Temos algumas testemunhas que confirmam o ato cruel e que identificaram o autor do crime. Infelizmente a dor que o animal sofreu não temos como apagar e também a sua vida trazer de volta, mas seremos sua voz e lutaremos em seu nome”, declarou Bruno Lima.

Além de se manifestar pelas redes sociais, por meio de sua assessoria de imprensa o Carrefour divulgou a seguinte nota:

“A rede informa que repudia veementemente qualquer tipo de maus-tratos. Esclarece ainda que, preventivamente, afastou a equipe responsável pela segurança do local no dia da ocorrência até que a rigorosa apuração em curso seja concluída e as devidas providências adotadas. Reforça também que, assim que notou a presença do animal nas dependências da loja, o acolheu, oferecendo água e comida, até que a equipe do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco chegasse ao local para o devido atendimento”.

Maltratar animais é crime, que pode render de três meses a um ano de prisão e multa. A punição é aumentada em até um terço se houver morte.

Se você presenciar uma cena de maus tratos DENUNCIE!
Região Metropolitana de Sorocaba: (15) 3238-2050

Matéria: Aurélio Fidêncio
Clickaraçoiaba, O primeiro Portal de Araçoiaba da Serra – SP – Desde 1999
PARTICIPE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP:
http://www.clickaracoiaba.com.br/?page_id=3899


PARTICIPE:

Campartilhe.

Deixe Um Comentário