Polícia Federal cumpre mandados em Sorocaba e Porto Feliz dentro da Operação “Carne Fraca”.

0

O ex-vice-presidente da BRF Hélio Rubens dos Santos Junior chega à sede da Policia Federal, em São Paulo – Foto: Newton Menezes

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira, 5, uma nova fase da Operação Carne Fraca que tem como alvo um esquema de fraudes descoberto na empresa BRF, gigante do setor de carnes e processados. O ex-presidente da BRF Pedro de Andrade Faria foi preso.

Desde as 6h são cumpridos 91 mandados decretados pela Justiça Federal, do Paraná. Batizada de Operação Trapaça, 11 pessoas estão com ordem de prisão temporária e 27 de condução condução coercitiva. Os policiais cumprem ainda 53 mandados de busca e apreensão em unidades da BRF – dona da Sadia e Perdigão.

Você está lendo isso? Seu futuro cliente também está! Anuncie no Guia Comercial do Clickaraçoiaba, é barato e dá resultado!

A terceira fase da Carne Fraca – deflagrada pela primeira vez em março de 2017 – tem como alvo esquema de fraudes contra o Ministério da Agricultura supostamente praticados por empresas do grupo BRF.

Primeira etapa da Carne Fraca em 2018, a Trapaça não envolve crime de corrupção. As apurações decorrem das descobertas das investigações da PF da primeira e segunda fase que tinham dezenas de frigoríficos como alvos, entre eles unidades da BRF e JBS – outra gigante do setor, dona da Friboi.

Nas primeiras fases, deflagradas em 2017, foi descoberto esquema de corrupção envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura no Paraná e em outros estados – as sentenças desses casos devem sair ainda esse ano. Logo após a deflagração dessas primeiras etapas, as ações das duas gigantes dos alimentos desabaram: 10,59%, no caso da JBS, e 7,25%, BRF.

AÇÕES REALIZADAS NO ESTADO DE SÃO PAULO:

Piracicaba

1 Mandado de busca e apreensão
1 Mandado de condução coercitiva

Santana do Paranaíba

1 Mandado de busca e apreensão
1 Mandado de prisão temporária

Sorocaba

1 Mandado de busca e apreensão
1 Mandado de condução coercitiva

Vinhedo

1 Mandado de busca e apreensão
1 Mandado de condução coercitiva

Porto Feliz

1 Mandado de busca e apreensão
1 Mandado de prisão temporária

Cidade de São Paulo

10 Mandados de busca e apreensão
5 Mandados de condução coercitiva
1 Mandado de prisão temporária

Operação Carne Fraca é uma operação deflagrada pela Polícia Federal do Brasil, e teve início no dia 17 de março de 2017. Ela foi o estopim para o escândalo, onde apontou que as maiores empresas do ramo — JBS, dona das marcas Seara, Swift, Friboi e Vigor, e a BRF, dona da Sadia e Perdigão — são acusadas de adulterar a carne que vendiam no mercado interno e externo. No total o escândalo da carne adulterada no Brasil envolve mais de 30 empresas alimentícias do país, acusadas de comercializar carne estragada, mudar a data de vencimento, maquiar o aspecto e usar produtos químicos supostamente cancerígenos para buscar revenda de carne estragada, além de apontar agentes do governo acusados de liberar estas carnes.

Siga a página do Clickaraçoiaba do Facebook e fique por dentro das principais notícias e acontecimentos de Araçoiaba da Serra e Capela do Alto.

APROVEITE [INSCREVA-SE] em nosso canal e assista a nossa última matéria em vídeo:


Clickaraçoiaba, O primeiro Portal de Araçoiaba da Serra – SP – Desde 1999

Curta nossa página no Facebook:
https://www.facebook.com/clickaracoiaba
Campartilhe.

Comentários desativados.