Pior do que um arquirrival é uma ex mulher, Veja o que fez essa mulher para vingar-se de seu ex.

0

A suspeita teria usado o facebook do ex-marido para amea00çar e difamar o delegado na tentativa de prejudicar o ex-companheiro.

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática conseguiu desvendar, na manhã desta quinta-feira (7), os crimes de ameaça e injúria tendo como vítima o Delegado Menandro Pedro, titular da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre). Segundo a Polícia Civil, a suspeita de ter cometido os crimes é ex-mulher de um militar do Exército e teria ameaçado o delegado pelas redes sociais para se vingar do ex-marido.

De acordo com o delegado Menandro, as ameaças teriam acontecido há pelo menos oito meses, através do Facebook. Uma pessoa desconhecida teria enviado mensagens proferindo ameaças e palavras de baixo calão contra o delegado. A partir disso, o titular da Depre se dirigiu à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática para registrar um boletim de ocorrência e tentar desvendar o caso.

Delegado Menandro Pedro – Foto: Reprodução

“Eu não falei com ninguém, porque nesses momentos, o que devemos fazer é ficar calado e fazer a investigação. Nós descobrimos que as mensagens estavam sendo enviadas do Facebook de um rapaz que estava servindo ao Exército”, relata o delegado. A partir da foto de perfil, a Polícia conseguiu chegar à identidade do primeiro suspeito, um militar do Exército, identificado pelas iniciais W. L. S. S.

Ao ser intimado para depor, o militar negou ser dono da conta do Facebook. Com isso, o titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, o delegado Daniel Pires, solicitou ao Poder Judiciário a quebra de sigilo da conta e, através do IP do computador, conseguiu chegar à ex-mulher do militar, identificada pelas iniciais Y. S. R. O, que confessou ter utilizado a conta em nome do ex-companheiro para se vingar de uma traição. “Ela sabia que se ameaçasse um delegado, ele seria descoberto e seria prejudicado, foi uma forma de se vingar”, destaca o delegado Menandro.

Delegado Daniel Pires

De acordo com o delegado Daniel Pires, os crimes de injúria e ameaça não são passíveis de prisão, mas a suspeita responderá judicialmente pelos crimes e caberá à Justiça determinar a penalidade a ser aplicada.

Edição: Aurélio Fidêncio
Matéria: Natália Amaral
Fonte: Portal O Dia
Clickaraçoiaba, O primeiro Portal de Araçoiaba da Serra – SP – Desde 1999
WhatsApp: (15) 99732-1144
Curta nossa página no Facebook:
https://www.facebook.com/clickaracoiaba
Participe de nosso grupo de notícias no WhatsApp:
https://chat.whatsapp.com/4xJikNjir6wGNFNRS

Campartilhe.

Deixe Um Comentário